J

José Francisco Albarran

São Paulo (SP)
47seguidores18seguindo
Entrar em contato

Recomendações

(7.263)
Christina Morais, Advogado
Christina Morais
Comentário · há 3 meses
"discursos de ódio"

É tudo o que eles fazem contra os cristãos, mas contra os cristãos, pode. "Acuse-os do que vc faz, chame-os do que vc é". leciona Lenin. E ô doutrina fielmente levada a cabo viu! Nunca vi.

Lado outro, em 1588 o santo católico São João da Cruz declara ao Senhor que nada deseja, "a não ser ser desprezado por causa de Ti".

O que esses ateus e pagãos nunca vão entender na vida, e não vão mesmo, é que nós, cristãos, estamos pra lá de acostumados a sermos desprezados por causa de Jesus. E isso pra nós é uma honra. Não adianta atacar Jesus e os cristãos. Ou vice versa, atacar estes para desprezar Aquele. A História está aí e não nos deixa mentir: ao longo de dois mil anos desde o Nascimento de Jesus, toda vez que que há um grande ataque em massa contra os cristãos, mais e mais pessoas se convertem.

Veja o resultado desse filme: nunca esperavam que tantos cristãos fossem "sair do armário" e reagir. Mas saímos e reagimos. Nós nascemos prontos para defender o Nome do Senhor, desde o Batismo. Estamos preparados! Cada ataque contra a Cristandade é um tiro no pé do ateísmo e paganismo. Sempre que vocês fazem isso, nós acordamos e reagimos e além disso, silenciosamente, sem que vocês notem, muitas conversões acontecem. E assim o Cristandade segue através dos séculos para todo o sempre.

Foi e sempre será na mortificação que nós, cristãos, derrubamos impérios, triunfamos e seguimos em frente. Porque não somos nós, é Jesus, por meio de nós, quem derruba impérios, triunfa e segue em frente. É Ele quem irá vencer no final. E já venceu por nós. Esse povo não entende. Se quiserem, nos queimem em fogueiras, literais ou figurativas (com filmes do teor desse em comento ou "artes" do tipo que se viu no "queermusum"). E podem nos jogar pedras e ovos, podem nos humilhar. Podem nos matar! Ninguém vai viver pra sempre mesmo. Se eu puder escolher entre morrer numa cama de hospital definhada por uma doença incurável ou martirizada por professar a fé católica, meus irmãos, não tenham dúvidas de que eu escolho a segunda morte. Mas não sou eu quem decido isso. Aceitarei a morte que Deus houver reservado à minha pessoa, quando chegar "a minha hora".

Mas saibam vocês, ateus e pagãos, incluindo os maus cristãos: vocês não podem me fazer nenhum mal. E nem a nenhum cristão. Todo sofrimento que vocês nos impingem, nós oferecemos a Cristo como mortificação para purificação de nossa alma e nem tentem entender isso, porque vocês não têm capacidade pra isso. Pior que me fazer mal, como chacotas, humilhações, e até mesmo perseguição no ambiente profissional (para o que, desde que seja em nome de Jesus, estamos todos preparados), é nos matar. E daí vocês criam um mártir e provocam conversões em massa para a Glória do Senhor.

Então é isso. O Estado é "laico" mas o coração cristão não é. Façam o que quiserem com seu livre arbítrio, que foi Deus quem deu e não o "estado laico". Façam o que quiserem com a sua liberdade de expressão do pensamento. Mas estejam seguros disso: quanto mais nos atacarem, mais fortes ficamos. E nem vale o ditado "o que não mata fortalece", porque neste caso, nem nos matando um a um, vocês nos vencem. Por uma razão muito simples: ninguém vence o próprio Jesus Cristo.

"Ah, mas eu não acredito em Jesus Cristo". Tudo bem. Isso não fará com que ele deixe de existir. Eu também posso muito bem decidir que não existem baratas né. Eu tenho tanto nojo, medo e raiva desse inseto que pra mim o mundo perfeito seria um mundo sem baratas. É isso, vou deixar de acreditar nas baratas. Quem sabe assim, elas deixem de existir. Será que funciona? kkkkkk

O caso é que não faz diferença se você acredita ou deixa de acreditar. Vocês, ateus, pagãos e até maus cristãos, podem zombar de Jesus, isso não vai abalar a força Dele. Os cristãos sempre estarão a postos em Seu Nome. A falta de fé de vocês, além de não afastar a fé de quem tem fé, a fortalece. Então nada do que façam será capaz de acabar com o Nome de Jesus. Vocês têm tentado há dois 2020 anos sem sucesso. Continuem tentando. Quem sabe o 737.300‬º seja o "ano da sorte" pra vocês. Mas eu, no pleno exercício da minha liberdade de expressão do pensamento e de profissão da minha fé, deixo a minha opinião sobre isso: vocês não vão conseguir!

Perfis que segue

(18)
Carregando

Seguidores

(47)
Carregando

Tópicos de interesse

(29)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em São Paulo (SP)

Carregando

José Francisco Albarran

Entrar em contato